sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

A.P. Actividades de Sala de Aula II

Construção e aplicação das caixas-ninho

Olá! Cá estou eu novamente.
Trago notícias sobre as caixas-ninho.
Depois de ter sido apresentada a proposta de trabalho aos alunos do 5ºD, estes mostraram-se muito entusiasmados tendo começado imediatamente as pesquisas.
Reuniram-se todos os materiais e meteu-se mãos à obra.
Construíram-se quatro caixas-ninho, segundo as medidas dos quadros apresentados no poster anterior: duas caixas para chapins, uma caixa ninho para poupa e mocho galego e outra para piscos-de-peito-ruivo, alvéolas, rabirruivo-preto e papa-moscas cinzento.
O material consistiu somente em madeira de pinho, pregos e parafusos. Não se utilizou cola nem qualquer tipo de tratamento para a madeira de forma a tudo ser muito natural e atractivo para os pássaros.
Seguem algumas fotos do trabalho realizado:





Após construídas procedeu-se à sua colocação nas árvores do recinto escolar.
As caixas-ninho ou outros abrigos devem ser colocados em árvores ou edifícios a uma altura entre 3 e 5 metros, em local abrigado e sossegado, normalmente virado a Este.
O local mais indicado será do lado de baixo de um ramo ligeiramente inclinado no sentido do solo. Não se devem colocar em locais de fácil acesso a predadores.
Considerados todos estes cuidados, procurámos previamente os possíveis locais para a instalação dos ninhos observando as árvores que reuniam as melhores condições.O pessoal estava alegre, cooperante e cheio de expectativas. Todos queriam subir às árvores…




O professor H. até descobriu um ninho de rola quando se preparava para colocar um ninho nessa árvore! Reparem na foto que foi tirada, entre os pauzinhos e as palhas também muitos materiais artificiais tais como fios de plástico e outras coisas…
No último momento tivemos de escolher outra árvore, pois aquela já tinha inquilino.


Mais tarde, quando a agitação passou, fotografei a rola que regressou ao seu ninho.


Eis como ficaram nas árvores as caixas-ninho:





Agora devemos esperar para saber se as caixas-ninho agradam aos pássaros. Vai demorar alguns dias pois primeiro o medo terá de se dissipar, depois, com a curiosidade vem a exploração deste novo objecto e a seguir, eventualmente, a escolha para poder ali ficar e criar a nova geração de passaritos.
Vamos ver se ficámos aprovados ;))
Fotos: JLima

Sem comentários: