sexta-feira, 5 de junho de 2009

Coisas de Escuteiro IV

Grande Caçada para Lobitos

É através do imaginário infantil, que se desenvolve o processo de formação e desenvolvimento pessoal e cognitivo da criança concreta.
O imaginário infantil é um elemento nuclear das culturas da infância. As crianças desenvolvem a imaginação através das suas experiências de vida e as situações que imaginam dão-lhes o poder de compreender o mundo em que habitam.
O CNE (Corpo Nacional de Escutas) tendo por objectivo básico colaborar na formação integral das crianças e jovens, incidindo esta acção em 5 pólos educativos (desenvolvimento do carácter, habilidade manual, saúde e o desenvolvimento físico, serviço aos outros, felicidade), actua desde o início (Lobitos), estimulando pela vertente do imaginário.
As grandes caçadas são assim as grandes actividades dos lobitos, palco privilegiado para a fantasia.
A nossa última caçada consistiu num ataque a Cruela Devil, que se refugiou numa floresta, pois queria apanhar penas de pássaros para a confecção de um chapéu.
Coitada da Cruela!
Coube à chefe Patrícia, assumir a personagem e cuidar para conseguir resistir a tanta agitação e entusiasmo quando estava prestes a ser apanhada.

Fotos: J.Lima

Mata Municipal dos Sete Montes, Tomar

1 comentário:

Patrícia Homem disse...

Pois é, "Grande Caçada" esta, já estava um pouco cansada de andar a correr à frente dos piquenos.... foi giro.... para o ano há mais.