quinta-feira, 22 de outubro de 2009

EVT, Actividades Livres I

Diário Gráfico

Como professor de Educação Visual e Tecnológica costumo incentivar os meus alunos a desenhar. Neste nível de ensino é importante que os mesmos se abram a novas experiências e formas de comunicar.

Através do desenho procuro que seja despertada a sua sensibilidade relativamente ao meio e contexto no qual se encontram inseridos levando-os a avaliar sensações, emoções, sonhos, estimulando-os a experimentar cores, técnicas, texturas, materiais… livremente e sem pressões.

Reconhecidamente “a autenticidade da expressão e a criatividade são duas referências primordiais que o professor deve respeitar e estimular” (Rodigues, Dalila; 2002).

Assim e meramente como sugestão proponho-lhes que criem um diário gráfico. Costumo observar os seus desenhos feitos aleatoriamente por aqui e ali, nas folhas dos cadernos diários das outras disciplinas, ou, em avulso, o que me leva a sugerir que os reúnam num único espaço, o seu diário gráfico.

A partir daí, e, sempre que sintam necessidade ou vontade, poderão elaborar os seus desenhos ou outros registos num espaço adequado para o efeito.

Normalmente e durante o decurso das aulas ao longo do ano lectivo, mediante os conteúdos que vão sendo leccionados são apontadas pistas que os levem a criar novos registos. Com tudo isto e a partir de um tema previamente definido, tento que seja estimulado o desenvolvimento desse mesmo tema através do registo gráfico espontâneo, na tentativa de desencadear o gosto pelo desenho e a sua continuidade.

Pretendo que ao lançar um dado tema ou ideia, a mesma, ao ser recriada pelo aluno surja transformada podendo por vezes, desencadear novas ideias, manifestando-se assim o processo criativo e um aperfeiçoamento técnico.


“(…)Não há padrões rígidos mas uma grande mobilidade que permite estar aberto ao imprevisto(…)” (Rodigues, Dalila; 2002).


Costumo mostrar aos meus alunos o meu diário gráfico, isso ajuda-os a compreender o que pretendo para além de lhes dar entusiasmo para iniciarem o seu… a partir daí é importante da minha parte, apoiar, entusiasmar, incitar e animar.

Algumas páginas do meu diário gráfico. A última fotografia apresenta um conjunto de desenhos feito por um dos meus alunos

1 comentário:

Patrícia Homem disse...

Que ideia engraçada, só podia ser!